23 agosto 2019
23 agosto 2019,
 0

FeSBE inicia campanha “Laboratórios de braços abertos”

Diante de cortes de investimentos em Ciência e Tecnologia, do bloqueio de 30% na verba das Universidades e Institutos Federais, de uma proposta do MEC com mudanças radicais no conceito de Universidade Pública e, por fim, o cancelamento das bolsas do CNPq, a Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE), que reúne 22 sociedades científica e milhares de pesquisadores em todo o Brasil, lança a campanha “Laboratórios de braços abertos”

A ideia, segundo a Diretoria da FeSBE, “é nos organizarmos numa campanha para conscientização dos parlamentares sobre a importância da ciência e, principalmente, a importância das Universidades e Institutos Públicos nesse contexto científico.”

Nesse sentido, a FeSBE convoca todas as suas sociedades federadas e seus membros a se mobilizarem neste momento crucial para a ciência brasileira. E, com este objetivo, lança o projeto “Laboratórios de Portas Abertas”, que visa trazer os parlamentares brasileiros (deputados e senadores) para dentro dos laboratórios de pesquisa das Universidades e Centros de Excelência.

Os politicos brasileiros precisam conhecer o trabalho de pesquisa, os resultados, entender as dificuldades e, principalmente, a motivação e entusiasmo para continuar a trabalhar e gerar conhecimento para o nosso país.

A proposta é que cada instituição deve se organizar e convidar os Deputados e Senadores da sua região para conhecer seus laboratórios. Com isso, espera-se ter um grupo de parlamentares conscientes da importância da ciência e da função da Universidade Pública na produção dessa ciência. Para isso, a FeSBE elaborou um guia com orientações para facilitar a organização destas visitas.

Para saber mais, visite o site da FeSBE em www2.fesbe.org.br.

A imagem pode conter: texto